sábado, 24 de junho de 2017

Onde Tu Tá Neném (Luiz Gonzaga)


Onde Tu Tá Neném (Luiz Gonzaga)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Sem Lenço, Sem Documento".

Letra:

Estou aqui de novo, junto ao meu povo
Minha gente amiga
Quem me conhece sabe, que eu detesto intriga
Uma saudade enorme, come, deita e dorme no meu coração
Remédio indicado pra quem está errado é pedir perdão

Onde tu tá neném
Eu vim te procurar
Vamos fazer as pazes
Tenho tantas frases pra te agradar
Onde tu tá neném
Eu vim te procurar
Saudade sai me solta, estou aqui de volta pra meu bem beijar

Lá … lá … lá… lá…

Por uma briga à toa, quanta coisa boa a gente está perdendo
Sertão em noite branca, o dia amanhecendo
Nossa conversa linda, tem segredo ainda para um século mais

Não é pra nos gabar, mas não existe um par
Como nós dois se faz

O Xote das Meninas (Banda Cheiro de Amor)


O Xote das Meninas (Banda Cheiro de Amor)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Flor do Caribe".

Letra:

Mandacaru quando fulôra na seca
É o sinal que a chuva chega no sertão
Toda menina que enjoa da boneca
É sinal que o amor já chegou no coração
Meia comprida, não quer mais sapato baixo
Vestido bem cintado não quer mais vestir timão

Ela só quer só pensa em namorar
Ela só quer só pensa em namorar
Ela só quer só pensa em namorar
Ela só quer só pensa em namorar

De manhã cedo, já tá pintada
Só vive suspirando, sonhando acordada
O pai leva ao doutô 
A filha adoentada
Não come, não estuda, não dorme, não quer nada

Mas o doutô nem examina
Chamando o pai de lado

Lhe diz logo em surdina:
O mal é da idade 
E que pra tal menina
Não há um só remédio em toda a medicina

No Balanço do Busão (Miltinho Edilberto)


No Balanço do Busão (Miltinho Edilberto)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "O Clone".

Letra:

Si embora!
No balanço do busão no fungado da Sanfona
O que atrapalha é o braço da poltrona
No balanço do busão no fungado da Sanfona
O que atrapalha é o braço da poltrona
No balanço do busão no fungado da Sanfona
O que atrapalha é o braço da poltrona
No balanço do busão no fungado da Sanfona
O que atrapalha é o braço da poltrona
No fundo do busão eu queria ela queria
Mas tinha um braço dizendo que não podia

No fundo do busão eu queria ela queria
Mas tinha um braço dizendo que não podia
Esse braço não tem dedo, esse braço não tem mão
Não é braço de viola nem braço de violão
Não é braço de rio nem braço de assombração
Não era o braço meu nem o braço da dona
O que atrapalha eu abraçar a minha dona
O que que há? É o braço da poltrona

No balanço do busão no fungado da Sanfona
O que atrapalha é o braço da poltrona
No balanço do busão no fungado da Sanfona
O que atrapalha é o braço da poltrona

(Falado):
Ê, mas brasileiro, sempre dá um jeito
Sei como é que é
Eu sou mesmo
E o casalzinho lá no fundo do busão
Se virando na maior paixão
Então segue essa viagem

A gente se virava mudava de posição
E ainda controlava quem ficava de bicão
A gente se virava mudava de posição
E ainda controlava quem estava de bicão
Associados no xamego na paixão
E a janela a nossa televisão
Quase namoro em terceira dimensão
Só eu e minha Madonna
O que atrapalha eu abraçar a minha dona
É o braço da poltrona
No balanço do busão no fungado da Sanfona
O que atrapalha é o braço da poltrona
No balanço do busão no fungado da Sanfona
O que atrapalha é o braço da poltrona

(Falado):
Mas aí o busão foi pra rodoviária
O casalzinho foi direto pra casa
E aí foi aquela alegria
Será?

Chegando em casa só eu e minha Madonna
Fomos pro quarto mas estava uma zona
Chegando em casa só eu e minha Madonna
Fomos direto pro quarto mas estava uma zona

Ela quis ir embora eu disse não me abandona
Pois quando a gente ama não precisa ser na cama
Ela chorou mas já partiu para o abraço
Não dei um passo e o mormaço veio a tona
E já que não muda a pisada da sanfona
Nós acabamos ficando...Aonde?
No braço de outra poltrona
No balanço do busão no fungado da Sanfona
O que atrapalha é o braço da poltrona
No balanço do busão no fungado da Sanfona

Louvação (Forró Agarradinho)


Louvação (Forró Agarradinho)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Araguaia".

Letra:

Eh! Tá que tá bonito
Eh! Tá que tá decente.
Pro forró agarradinho
De todo lado vem gente.
Eh! Tá que tá bonito
Eh! Tá que tá decente.
Pro forró agarradinho
De todo lado vem gente

Seu festeiro, me permita
Que eu lhe faça a louvação
Bendita a tua casa
E a família do patrão.
E aos amigos presentes
Mostro a minha gratidão.
Cantando com alegria
O que vem do coração.

Eh! Tá que tá bonito
Eh! Tá que tá decente.
Pro forró agarradinho
De todo lado vem gente.
Eh! Tá que tá bonito
Eh! Tá que tá decente.
Pro forró agarradinho
De todo lado vem gente.

Fale no fole, sanfoneiro
Que eu respondo na zabumba.
Se o triângulo é ligeiro
O pandeiro faz quizumba.
E se é do vosso gosto
Deus recebe com carinho.
Abençoe, nosso senhor
O forró agarradinho.

Eh! Tá que tá bonito
Eh! Tá que tá decente.
Pro forró agarradinho
De todo lado vem gente.
Eh! Tá que tá bonito
Eh! Tá que tá decente.
Pro forró agarradinho
De todo lado vem gente.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Eta Mundo Bão (Renato Teixeira)


Eta Mundo Bão (Renato Teixeira)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Eta Mundo Bom!".

Letra:

Quando eu vim pra esse mundo de meu pai
Me acataram com festa e alegria
E sonhar o caminho da minha vida
Uma história de amores e poesias
Eu cheguei, eu cresci e vim-me embora
Já sabendo que o dia em que eu nasci
Foi um dia de muita cantoria
E por isso, compadre, eu tô aqui

Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Viola, viola, viola, viola, viola

Quando eu disse pro povo lá em casa
Que viver me cobrava despedidas
Foi um "valha-me, Deus, Nossa Senhora"
Os meninos saíram na corrida
Pra avisar para toda vizinhança
Que eu estava já quase de partida
Os amigos vieram e me levaram
Me soltaram na entrada da saída

Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Viola, viola, viola, viola, viola

E assim o tempo foi passando
A história aos poucos se contando
Quando eu vi bem ali, naquele canto
Eram dois olhos lindos me espiando
A paixão me caiu feito um feitiço
Eu pensei cá comigo, não é isso
E segui pela vida me cantando
Pois amar e cantar é o mesmo vício

Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Viola, viola, viola, viola, viola

Uma vida inteirinha não é nada
Pra que gosta demais dessa jornada
Tanta coisa bonita pra ser vista
Se escondendo por trás da hipocrisia
Quando eu canto, a energia da poesia
Me faz ver que ainda eu verei um dia
O planeta todinho se juntando
Pra fazer uma enorme cantoria

Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Viola

Então vamos que o tempo tá passando
E o melhor nessa vida é ir andando
Nós estamos fazendo essa viagem
E o planeta com a gente vai girando
Cada dia é um dia nesse plano
O que foi já passou, está cantando
É o prazer que alegra nossas vidas
Nós cantamos por tudo que amamos

Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Eta mundo bão!
Viola, viola, viola, viola, viola
Oi, viola. Oi viola

À Procura de Alguém (Geraldo Azevedo)


À Procura de Alguém (Geraldo Azevedo)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "A Indomada".

Letra:

Eu ando à procura de alguém 
Que me queira bem 
Mas que seja meu 
Somente meu 
E de mais ninguém 
Quando isso acontecer 
Eu nunca mais na vida 
Hei de sofrer

Eu não quero um amor 
Desses que vão e vêm 
Quero um amor de verdade 
Que me queira também

Negrinho do Pastoreio (Be Happy)


Negrinho do Pastoreio (Be Happy)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Pedra Sobre Pedra".

Letra:

Negrinho do Pastoreio,
Acendo esta vela pra ti
E peço que me devolvas
A querência que eu perdi.
Menino do Pastoreio,
Traze a mim o meu rincão.
Eu te acendo esta velinha,
Nela está meu coração.

Quero rever o meu pago
Coloreado de pitanga.
Quero ver a gauchinha
Brincando n'água da sanga.

Quero tocar nas c**ilhas,
Respirando a liberdade,
Que eu perdi naquele dia.
Que me embretei na cidade.

Negrinho do Pastoreio,
Traze a mim o meu rincão.
A velinha está queimando
Aquecendo a tradição
Negrinho do pastoreio

Água na Boca (Os 3 do Nordeste)


Água na Boca (Os 3 do Nordeste)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Tieta".

Letra:

Eu não consigo ficar sem você
A tua ausência me dá solidão
Só de pensar eu fico muito louco dá água na boca coração

Ninguém mais vem cá menina
Vem fazer um cafuné
O teu jeito inocente fez de mim o que bem quer
Realizou todos os meus sonhos
Minha vida desandou
Quando eu quero é demais, dá pra mim o teu amor
Foi no pé de laranjeira onde tudo começou
Eu vi você minha menina quando eu colhi a flor

Eu não consigo viver sem você
Chega me dar água na boca

De Volta Pro Aconchego (Elba Ramalho)


De Volta Pro Aconchego (Elba Ramalho)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Roque Santeiro".

Letra:

Estou de volta pro meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade
Querendo
Um sorriso sincero, um abraço,
Para aliviar meu cansaço
E toda essa minha vontade
Que bom,
Poder tá contigo de novo,
Roçando o teu corpo e beijando você,
Pra mim tu és a estrela mais linda
Seus olhos me prendem, fascinam,
A paz que eu gosto de ter.
É duro, ficar sem você
Vez em quando
Parece que falta um pedaço de mim
Me alegro na hora de regressar
Parece que eu vou mergulhar
Na felicidade sem fim

Você Se Esconde (Rádio Táxi)


Você Se Esconde (Rádio Táxi)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Roda de Fogo".

Letra:

Quando me toco estou sozinho
Atirando as pedras do meu caminho
Seguindo o rumo que eu arrumei pra mim
Mas tudo fica sem sentido
Quando você não esta comigo
Abandonado, eu ando mesmo assim
Porque você não diz onde esta
O lance da gente e diferente,
É pra valer

Você se esconde
E não vê que me faz tão bem
Por que se esconde
Se dentro de mim eu já te encontrei

Você se esconde
E não vê que me faz tão bem
Por que se esconde
Se dentro de mim eu já te encontrei

Mas tudo fica sem sentido
Quando você não esta comigo
Abandonado, eu ando mesmo assim
Por que você não diz onde esta
O lance da gente e diferente,
É pra valer

Você se esconde
E não vê que me faz tão bem
Por que se esconde
Se dentro de mim eu já te encontrei

Incompatibilidade (Oswaldo Montenegro)


Incompatibilidade (Oswaldo Montenegro)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Cavalo Amarelo".

Letra:

E bate louco, bate criminosamente
O coração mais do que a mente, bate o pé mais do que o corpo poderia
E se você mentalizasse na folia
Sabe lá se não seria a solução prá de manhã pensar melhor
E caso fosse a incompatibilidade entre o corpo e consciência
Iria desaparecer, você não vê
Como o corpo preparado pode ser iluminado
Como a luz de uma fogueira que precisa se manter
E atingido pela plena consciência
De que o corpo em decadência faz a tua consciência esmorecer
Pelos poros elimina-se o que o corpo não precisa
E não precisa pra pensar e abdicar esse prazer
Se você dançar a noite inteira não significa dar bobeira
De manhã se alienar ou esquecer
É a busca do supremo equilíbrio, num processo inteligente sua mente
clarear sem perceber
E a intelectualidade
Pode Dançar sem receio
Descanso é pra alimentar
E trabalhar sem anseio
Eu tô olhando pra ponta
Mas não esqueço do meio
Quem acha o corpo uma ofensa
Falo sem demagogia
Pode dançar essa noite
E amanhã pensar quem diria
Quem não entendeu eu lamento
Quero que entenda algum dia aaahhhhhh
E bate louco bate criminosamente...

Bichinho Colorido (Nova Embalagem)


Bichinho Colorido (Nova Embalagem)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Amor com Amor se Paga".

Letra:

Quem é que me faz um carinho?
Quem é que me recebe com beijinho?
Quem é que sussurra baixinho em meus ouvidos palavras de amor?
Quem é que chega de mansinho?
Quem é que mais parece com um bichinho?
Quem é?

No mistério do perfume, no segredo da imaginação
Me liberta, me desperta, deixa colorido o meu coração
Vem me iluminar, vem me clarear

Quem é que chega de mansinho?
Quem é que mais parece com um bichinho?
Quem é?

No mistério do perfume, no segredo da imaginação
Me liberta, me desperta, deixa colorido o meu coração
Vem me iluminar, vem me clarear.

Ah, Como Eu Amei! (Benito Di Paula)


Ah, Como Eu Amei! (Benito Di Paula)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "O Homem Proibido".

Letra:

O amor que eu tenho guardado no peito
Me faz ser alegre, sofrido e carente 
AAAHHH!! Como eu amei

Eu sonho, sou verso, 
sou terra, sou sol
sentimento aberto

AAAHHH!! Como eu amei
AAAHHH!! Eu caminhei
AAAHHH!! Nao entendi

Eu era feliz, era a vida
Minha espera acabou
Meu corpo cansado e eu mais velho
Meu sorriso sem graça chorou

AAAHHH!! Como eu amei
AAAHHH!! Eu caminhei

Tem dias que eu paro
Me lembro e choro,
Com medo eu reflito que 
nao fui perfeito

AAAHHH!! Como eu amei

Eu sonho, sou verso, 
sou terra, sou sol
sentimento aberto

AAAHHH!! Como eu amei
AAAHHH!! Eu caminhei
AAAHHH!! Nao entendi

Eu era feliz, era a vida
Minha espera acabou
Meu corpo cansado e eu mais velho
Meu sorriso sem graça chorou

AAAHHH!! Como eu amei
AAAHHH!! Eu caminhei

Gadu Namorando (Os Carioquinhas)


Gadu Namorando (Os Carioquinhas)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "A Sucessora".

Letra:

Instrumental

Saia do Caminho (Miucha & Tom Jobim)


Saia do Caminho (Miucha & Tom Jobim)
Obs.: Esta música faz parte da trilha sonora da novela "Vida Nova".

Letra:

Junte tudo o que é seu
Seu amor, seus trapinhos
Junte tudo o que é seu
E saia do meu caminho
Nada tenho de meu
Mas prefiro viver sozinha
Nosso amor já morreu
E a saudade, se existe, é minha
Fiz até um projeto
No futuro um dia
Aquele mesmo teto
Mais uma vida abrigaria
Fracassei novamente
E sonhei e sonhei em vão
E você francamente
Decididamente
Não tem coração
Fiz até um projeto
No futuro um dia
Aquele mesmo teto
Mais uma vida abrigaria
Fracassei novamente
E sonhei e sonhei em vão
E você francamente
Decididamente
Não tem coração